9.08.2009

Testando, som

Como eu disse antes, concedi uma entrevista à Rádio UNESP, a primeira vez que fui ao rádio. Tirando uma ou outra besteira que falei por nervosismo, acho que não fui mal no teste. Quem quiser conferir, é só clicar aqui e procurar a entrevista número 258. Falei sobre processo criativo, sinestesia, rock, entre outras coisas.

Abraços

5 comments:

R. said...

rádio é a vida.

cahoni said...

legal a entrevista ivan...vou tentar comprar seu livro para ler...abraço.

Ivan Hegenberg said...

Eu me diverti muito com a entrevista.
Bom que vocês também gostaram!

abraanima said...

fala bonitão. Ainda não ouvi sua entrevista. Tava procurando o zizek no roda viva e achei vc (aliás, como os jornalistas de lá são fracos, puta que pariu)! AHHAHAH sensacional a moça que te chamou de bobão!!! Ela só esqueceu do cara-de-pudim!
Só deixar um abraço.
Abraço.
Carrrrlos.

Ivan Hegenberg said...

Oi, Carlos!

Os jornalistas no Roda Viva tavam lá pra fazer média, não pra peitar o Zizek. E não fosse o lado stalinista, ele seria mesmo um cara genial...
Qualquer hora a gente devia tomar uma cerveja e por a conversa em dia.

Abraço