1.20.2008

Sentenças na minha corrente sangüínea

Torna-te quem tu és (Nietzsche)

Só serei verdadeiramente livre quando todos os seres humanos que me cercam, homens e mulheres, forem igualmente livres (Bakunin)

A verdadeira história é a história do desejo (Deleuze)


Sinto falta de pensadores atuando hoje com a mesma coragem e mesma intensidade desses três. Não basta navegar contra a corrente, nem fazer transposições de um rio para outro. A corrente que interessa é a sangüínea.

No comments: